Conselhos de Entidades Estudantis de Arquitetura e Urbanismo

Os Conselhos são espaços de discussão mais intensa sobre todos os projetos da Federação, sobre seus posicionamentos, seus objetivos e seu trabalho. Eles acontecem durante toda a gestão contando com uma estrutura bem menor que a dos encontros, sem taxa de inscrição e totalmente abertos a participação de todos os estudantes.

Os representantes de cada entidade estudantil devem sempre levar um documento, assinado pelo presidente ou responsável da entidade, legitimando sua presença como representante. Caso seja parte integrante da gestão da entidade deve-se trazer uma copia da ata de eleição.

A importância dos Conselhos é dada pela oportunidade de se opinar e construir junto todos os projetos, ações e propostas relativos ao ensino de Arquitetura e Urbanismo e ao movimento estudantil, dando bases para uma transformação social.

O intercâmbio entre os estudantes de várias regiões do país é muito rico, e cada escola se posiciona dentro do Conselho da forma que preferir. É um espaço de troca de conhecimento e informações, pois durante alguns dias os participantes passam a ter um maior contato com assuntos relacionados ao ensino, à representatividade do movimento estudantil, aos encontros e aos eventos de arquitetura no país e no mundo.

Temos uma característica única dentro dos conselhos: momentos de descontração, dinâmicas e brincadeiras como fatores importantíssimos para uma integração total, criando e cultivando cada vez mais o respeito pelo próximo, deixando de lado qualquer tipo de preconceito.



:: CoREAs - 
Conselhos Regionais de Entidades Estudantis de Arquitetura e Urbanismo

Os CoREAs têm um caráter maior de articulação entre os Centros e Diretórios Acadêmicos, de forma que eles se estruturem e possam levar as discussões da Federação para os estudantes que representam.

Os CoREAs trabalham o Encontro Regional (EREA) - o maior projeto da regional - além do SERES (Seminário Regional de Ensino), do Projeto Caravanas, e outros projetos que cada gestão adota. É também um momento de informes muito importante para que os outros projetos da FeNEA sejam conhecidos e acompanhados.


   

  CoREA Juiz de Fora 2008                        CoREA Manaus 2008    

                                                                      
















:: CoNEAs - Conselhos Nacionais de Entidades Estudantis de Arquitetura e Urbanismo

Os CoNEAs são a segunda instância deliberativa da FeNEA, e têm como objetivos a reunião das entidades de base com a diretoria, a realização dos trabalhos da Federação, a discussão dos assuntos em voga e a tomada de posicionamentos. Isso inclui a construção do Encontro Nacional (ENEA) que está subjugado às deliberações dos Conselhos Nacionais.

Assim como o Encontro Nacional, as regionais se revezam para sediar os CoNEAs, permitindo uma maior participação de todos os estudantes.


    
CoNEA Uberlândia 2007                     CoNEA Brasília 2007

    

CoNEA São Carlos 2008                            CoNEA Recife 2010





+ Art. 39- Nos Conselhos Nacionais e Regionais, cada entidade estudantil dos Cursos, Escolas e Faculdades de arquitetura e urbanismo do Brasil tem direito a 1 (um) voto.

Parágrafo Único - Nos Cursos e Faculdades de Arquitetura e Urbanismo sem entidades estudantis ou onde estas não sejam participativas ou não estejam presentes no respectivo Conselho, o representante tem que ser indicado por pelo menos 10% (dez por cento) do total de estudantes da referida instituição, através de eleição ou abaixo assinado, para adquirir o direito de votar.

+ Art. 40- A FENEA, enquanto entidade, tem direito a um voto, por meio de sua Diretoria.

Estatuto da FeNEA