A Regional Nordeste é composta atualmente por 34 escolas de Arquitetura e Urbanismo de nove estados:  Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão.

Seu trabalho mais recente tem como objetivo conhecer os novos cursos que estão surgindo, sobretudo em faculdades no interior da região, tornando possível um maior alcance dos projetos aqui realizados.

Grupo de e-mails da Regional Nordeste: fenea_regnordeste@yahoogroups.com

O regimento interno atual da Regional se encontra no final da página.





IV EREA NORDESTE - EREA SÃO LUÍS 2012
  


Em 2012, São Luís do Maranhão completa 400 anos e a pergunta que os futuros arquitetos e habitantes da cidade fazem para si mesmos é: "Para onde estamos indo?"
    
    A discussão sobre o caminho que São Luís vem tomando durante a sua história parece ser cada vez mais intrigante. Seus pontos arquitetônicos, urbanísticos e paisagísitcos são diversos e estão sempre no centro dessas indagações. A cidade possui título de Patrimônio da Humanidade concedido pela UNESCO, porém o referido patrimônio encontra-se, por vezes, abandonado e até mesmo em ruínas.
    
    Problemas de mobilidade estão incrivelmente presentes em São Luís: engarrafamentos e péssimas condições do sistema publico de transporte. 

    A Cidade Nova cresce em uma velocidade assustadora e a especulação imobiliária divide cada vez mais a urbe em classes sociais. A natureza local, seus mangues e praias, sofrem com todas essas transformações. Pergunta-se sobre o papel do arquiteto diante de tal situação, qual caminho seguir e para onde estamos indo.
   
    Nesse contexto de 400 anos, faz-se necessário compreender o passado da cidade para entender seu presente, obtendo-se uma projeção do futuro. Nesse aspecto, a atual situação de São Luís, que não difere de tantas outras cidades brasileiras, reflete problemas urbanos, arquitetônicos, e paisagísticos que merecem ser discutidos. O objetivo é, juntamente com os estudantes de todas as escolas de arquitetura do nordeste e todos os outros que desejarem fazer parte desse encontro, chegar a soluções viáveis; é o compartilhamento dessas propostas que se pretende alcançar, com as diversas experiências que todos trazem de suas cidades.
   
    Problemas de mobilidade estão incrivelmente presentes em São Luís: engarrafamentos e péssimas condições do sistema publico de transporte. A Cidade Nova cresce em uma velocidade assustadora e a especulação imobiliária divide cada vez mais a urbe em classes sociais. A natureza local, seus mangues e praias, sofrem com todas essas transformações. Pergunta-se sobre o papel do arquiteto diante de tal situação, qual caminho seguir e para onde estamos indo.
    
    Nesse contexto de 400 anos, faz-se necessário compreender o passado da cidade para entender seu presente, obtendo-se uma projeção do futuro. Nesse aspecto, a atual situação de São Luís, que não difere de tantas outras cidades brasileiras, reflete problemas urbanos, arquitetônicos, e paisagísticos que merecem ser discutidos. O objetivo é, juntamente com os estudantes de todas as escolas de arquitetura do nordeste e todos os outros que desejarem fazer parte desse encontro, chegar a soluções viáveis; é o compartilhamento dessas propostas que se pretende alcançar, com as diversas experiências que todos trazem de suas cidades.

ComOrg EREA São Luís





III EREA NORDESTE – EREA CEARÁ 2011



    Já são alguns meses em que vimos um sonho ser construído. Vimos mesmo, do início ao fim. Ainda existe a lembrança do primeiro dia da semana de apoio, éramos nós, treze ComOrgs, que já sonhavam acordados, e agora contávamos com ajuda de apoios, diretores, mas além disso, amigos. 

    “Do Risco ao Risco” - quem não pensava que seria tão arriscado? Mas que o nosso risco, o nosso traçado, iria marcar aquele lugar. Um terreno vazio. A vista? Belíssima. E uma semana para montar a nossa Cidade EREA. 

    Entre os dias 16 a 23 de janeiro, ali foi nosso local, a nossa morada, a nossa cidade, por uma semana. Com o principal objetivo: se encontrar! No fim do nosso sonho, era o começo de um outro, era a vez de uma nova ComOrg sonhar, e assim começou o sonho do EREA São Luís 2012.





II EREA NORDESTE – EREA AREIA 2010




Segundo estatuto da FENEA, um encontro de arquitetura é um evento promovido em conjunto pela federação, em sua divisão regional, e uma comissão organizadora, sem fins lucrativos. Mas o que vem a ser fins lucrativos?

O II Encontro Regional de Estudantes de Arquitetura da regional Nordeste se realizou na cidade de Areia, a cerca de 110 km da capital João Pessoa, região de serrana do brejo paraibano.

Com a temática “Paisagem de interior”, o EREA AREIA conseguiu promover um encontro onde houve uma dedicação de todos os que o faziam 
para que fosse um ambiente melhor e único. Seguindo a temática, houveram oficinas como a de Bioconstrução, ministrada pelo Canrobert Almeida onde foi alcançado o objetivo maior do evento que era a integração dos estudantes com a cidade, bem como com o enraizamento da 
cultura local, tão voltada a produção de derivados da cana de açucare a cultura do lugar. 

Tambem foram abertas à cidade as oficinas de customização de roupas, Pintura de painel e dança e cultura popular. Com o apoio da Prefeitura Municipal, o IPHAN, e a secretaria de turismo, tudo o que havia sido proposto foi possibilitado. A vinda de arquitetos paraibanos promovendo palestras e atividades ligadas a área da construção acabaram por propiciar um conhecimento sobre os casos apresentados e discussões que embasaram os participantes a busca de novas visões.

Um encontro encabeçado pela comissão organizadora desde 2008, concretizado em 2010, e prova da qualidade e competência da divisão nordeste da FENEA. 

Dos dias 17 a 24 de janeiro se observou uma troca de experiência e vivências que foram concretizadas numa plenária de apenas três horas e muitas lagrimas. Sendo assim, o que realmente seriam fins lucrativos?
 
Rodolfo Medeiros






XXXVI ENEA – SALVADOR 2012




XXXVI Encontro Nacional dos Estudantes de Arquitetura e Urbanismo SALVADOR 2012. 

O Encontro Nacional é um projeto de caráter educacional e cultural da Federação Nacional dos Estudantes de Arquitetura e Urbanismo (FeNEA), e têm como principal objetivo promover o diálogo e a troca de experiências entre os estudantes das universidades de todo o país, sobre temas ligados à arquitetura e o urbanismo, sua prática profissional, seu ensino, pesquisa e extensão. É ainda o momento onde pode-se deliberar sobre qualquer assunto que venha a influenciar na vida acadêmica de qualquer estudante de arquitetura. Esse ano acontecerá do na Bahia, em Salvador, de 20 a 27 de Julho.

Saiba Mais:   ENEA SALVADOR 2012

Ċ
Thiago Melo,
12 de mai de 2013 08:30