EREA PARÁ - Por Quê? Para Quê? Para Quem?

O I Encontro Regional dos Estudantes de Arquitetura e Urbanismo – I EREA Norte – acontecerá no primeiro semestre do próximo ano e tem como temática principal “Por quê? Pra quê? Pra quem?”. A ideia pode parecer confusa e na verdade é.

Porém, essas são perguntas que passam pela cabeça de todo estudante de arquitetura, principalmente quando calouros, durante os cinco anos (ou mais) de curso. Na verdade, é possível encontrar profissionais da área que não sabem responder com exatidão as questões feitas.

A ideia principal do EREA Pará é fazer com que cada estudante possa refletir e encontrar uma resposta pra cada uma dessas perguntas. Lógico que será impossível encontrar uma resposta geral para usar como objetivo do encontro, tendo em vista que cada indivíduo pode obter uma resposta própria, de acordo com o seu ponto de vista.

Para isso, acontecerão atividades como oficinas, palestras, mesas e vivências para ajudar a deixar as coisas mais claras dentro das mentes tão calejadas pelas noites em claro dos estudantes de arquitetura.Além disso, a troca de experiências com estudantes vindos de diversas partes do Brasil serve de aditivo para o objetivo.

Mesmo sendo algo fora de nossa cultura como estudantes em Belém, o EREA serve para dar uma nova cara ao contexto estudantil existente.


● Maiores informações sobre o EREA PARÁ 2013:




EREA Niterói - A Retomada das cidades

A construção desse encontro na cidade de Niterói, busca discutir o espaço urbano através de uma aproximação do trabalho(ou lazer) de grupos e indivíduos, que se apropriam de áreas diversificadas da cidade mostrando que a cidade não atende plenamente seu usuário, mostrando que a cidade pode e deve ser mais humana. A forma de abordagem dessa questão passa por uma tentativa de entender quem é esse ser humano, como ele atua e o que faz com que ele se movimente, para fora do estado de opressão no qual se encontra. O ponto que escolhemos trabalhar como forma de atuação mais intensa a tocar esse indivíduo foi através da manifestação artística. Queremos que a música, pintura, dança e outros meios e mídias toquem mais do que as pessoas num momento específico. Queremos entender o que faz com que algumas pessoas tomem como objetivo de vida tornar a cidade um lugar mais agradável, que favoreça a contemplação, e a convivência de forma mais humana. Esse EREA pretende debater os espaços da cidade, nos fazendo descobrir a quem pertence aquela praça, aquele beco, aquele espaço no alto da janela mais alta onde alguém escreveu seu nome com uma lata de tinta.

De dentro pra fora, de fora pra dentro, na cidade de Niterói um Manifesto será escrito na forma de sorrisos, gritos, movimentos, olhares e em uma imensa explosão de sensações. Esperamos fazer uma celebração que venha a gerar uma aproximação entre os participantes e a rua, nos permitindo uma plenária mais solta, onde novos paradigmas se mostrem e os estudantes de arquitetura possam uma vez mais se aproximar do mundo fora das teorias e se contextualizar, viver a realidade daqueles que a cidade insiste em esquecer.
Entre Pangarés e Baluartes... Seja Zebra... Ou vá além seja você... e seja mais seja você junto com esse mundo de gente!


● Maiores informações sobre o EREA NITERÓI 2013:




EREA BARRA - Abra o seu olhar

Ao abrir os olhos, entramos em contato visual com o mundo exterior, fazendo com que ocorra uma captação de formas e luzes que instantaneamente são processadas pela mente e cruelmente são somadas aos conceitos e tabus aprendidos ao longo da vida. Dentro deste contexto o EREA Barra joga aos ventos todos os tipos de pré-conceitos e busca dentro de pequenas trilhas, grandes estradas rumo ao desconhecido mundo de culturas e tradições dessa gente cheia de esperanças e sonhos.

Desta forma, apresentamos uma gama MULTICULTURAL de costumes e soluções arquitetônicas que, mesmo ocorrendo sem um estudo prévio, sem um PLANEJAMENTO URBANO, possuem grande importância já que abrigaram e fizeram parte daqueles que hoje são a história desta cidade; porém junto a isto encontramos um DESCASO populacional e governamental, que deve ser desfeito, perante o patrimônio histórico.

Sendo assim, em um súbito de coragem, arriscamos tentar ABRIR O OLHAR de todos, e na somatória de caráter e respeito ao próximo, plantar sementes de novas ideias para que a paisagem de amanhã esteja repleta de novos frutos.


● Maiores informações sobre o EREA BARRA 2013:




EREA CAMPINAS - Onde os Paralelos se Encontram

Sediar o XXVI EREA da Regional São Paulo em Campinas é oportunizar aos estudantes de Arquitetura e Urbanismo a inserção da questão dialética entre o crescimento metropolitano e a realidade interiorana convivendo paralelamente no mesmo espaço.

Dividimos a temática “onde os paralelos se encontram” em subtemáticas que vão ser abordadas a cada dia do encontro, são questões que, em diferentes escalas, podemos encontrar em muitas, senão a maioria das cidades brasileiras.

Os eixos temáticos:

- Metrópole X Interior
- Centros x Periferias
                                                                                    - Público x Privado
                                                                                    - Formal x Informal

Campinas é uma metrópole no interior do estado, o que potencializa muito esses paralelos que coexistem e se encontram diariamente, esperamos que no encontro possamos mostrar e aprender com os participantes a entender melhor esses paralelos, essas ambiguidades que nos rodeiam!

   

● Maiores informações sobre o EREA CAMPINAS 2013:




EREA Cascavel - A quantas anda a sua evolução?

O EREA Cascavel apresenta como proposta o questionamento do modus operandi de diversas frentes da realidade arquitetônica atual, desde o ensino de arquitetura até o possível fim do papel como meio de representação; do questionamento da tradição projetual até o questionamento da tradição construtiva. O grande objetivo não é somente criar questionamentos, mas, principalmente, fazer com que possamos entender o comportamento atual para melhor projetar o futuro.

De onde viemos? Onde estamos? Evoluímos? Regredimos? Estamos no caminho certo? Para onde vamos? Como vamos chegar lá?

As questões ficam no ar, e a resposta? Fica a seu critério...



● Maiores informações sobre o EREA CASCAVEL 2013:    
SITE  |  Perfil no Facebook